sexta-feira, 10 de junho de 2011

POLICLÍNICA DA PM: NUNCA OUVI TANTA BABOSEIRA!


NOTICIA VEICULADA NA CIDADE POR UM DEPUTADO ESTADUAL:

A Policlínica da Policia Militar agora será concluído,  pois foi liberado a subestação de 500kwa que impedia o seu funcionamento.

Então eu vou apresentar a vocês leitores o que é uma obra de uma subestação de 500kwa, abrigada, pois da forma que foi colocado, parece que é de uma “complexidade enorme” e justificaria estes anos todos o não funcionamento da policlínica.

O QUE É A MONTAGEM DE SUBESTAÇÃO TRANSFORMADORA DE 500KWA ?

A montagem consiste na instalação física da obra, partindo da fundação, alvenaria, telas de proteção, portas, janelas e montagem dos equipamentos elétricos, conforme projeto e considerando as normas técnicas e a regulamentação interna das concessionárias. Na verdade uma casinha de alvenaria para proteger um transformador, igual aqueles que você vê em postes de rua. Só que um pouco maior.

VEJAM AS ETAPAS EM FOTOS DE UMA OBRA DE SUBESTAÇÃO ABRIGADA:






Prazo previsto para obra: máximo 15 dias!

Mais uma desculpa esfarrapada da EMOP, quando tenta sair em defesa do Governo do Estado.
Esta obra é tão simples que deveria fazer parte do edital de licitação que contemplou a construção da policlínica.
A motivação da obra está paralisada não é este, seria bom que os representantes do estado viessem a público e contasse toda a verdade do porque a policlínica está fechada.
Se alguém quiser, levo para visitar varias subestações, espalhadas na cidade para conhecer de perto estas casinhas que tem a finalidade de sustentar energeticamente grandes empreendimentos.
Enquanto os PM`S de Campos estão precisando do atendimento para seus familiares, ficam inventando desculpas para empurrar a inauguração para as vésperas das proximas eleições.

A verdadeira obra de eleição à eleição !

Me enganam que eu gosto !
 
AO LER A MATÉRIA PUBLICADA ACIMA A ASMENF ENVIOU O SEGUINTE EMAIL PARA O BLOG:
 
O Presidente da ASMENNF (Associação dos Servidores Militares Estaduais do Norte Noroeste Fluminense), Gilson de Sousa, comentou a respeito das verdades mostradas pelo Ex Vereador e Engenheiro Café, sobre a questão da policlínica.
Pra nós militares, é vergonhoso e vexatório, ouvir de um deputado, notícias infundadas e levianas, de que uma luta de tantos anos, venha se tornar uma obra politiqueira.
Como pode ficar brincando com os nossos militares, que estão sendo humilhados no atendimento médico da rede pública, implorando ou mendigando para serem atendidos, bem como seus familiares.
Estamos cansados de ser enganados por políticos oportunistas, que aproveitam da desgraça do povo, para fazer esse tipo de política, uma política suja e rasteira, onde nós sonhamos e esperávamos de podermos ser atendidos em nossa policlínica, com dignidade, as promessas e os boatos não param, e ficam tentando enganar essa classe humilde, batalhadora, injustiçada, que pede somente para serem tratados com respeito.
O que o nobre Engenheiro e ex Vereador Café colocou e colocou muito bem, é a pura realidade, parece que essa subestação é imensa, coisa que já era para está pronta e entregue, junto com o espaço físico da policlínica no ano passado.
O que nós militares não queremos acreditar, é que a nossa policlínica, venha ser entregue às vésperas das eleições. Por que brincam com a nossa saúde? Por que usam da mentira para nos enganar? Não adianta ninguém vir pra cá e dizer que é o pai da criança não, pois todos sabem que foi uma luta nossa, os militares, com apoio do Coronel Paulo César Vieira e do Tenente Coronel Vilar, que ouviram os clamores dos militares, que estavam se enterrando em empréstimos, para cuidar da sua saúde e dos seus familiares.
Criem coragem, e venham a público, e falem a verdadeira causa do não funcionamento da nossa policlínica, mais venham falar a verdade, pois já estamos cansados de ouvir e ler mentiras.
 Pedimos que nos respeitassem, pois nós os militares não somos massa de manobra, e muito menos marionetes, para ser manipulados por políticos, que poderiam fazer muito mais por nós, mais infelizmente, usam desses artifícios para tentar nos enganar.
A nossa associação, para quem não sabe, tem arcado na maior parte das vezes, com pedidos de ajuda dos colegas, que recorrem à rede pública, e não conseguem ser atendidos.
 Governador, Deputados a saúde não espera boa vontade não, a saúde é essencial para todos, gostaríamos de saber, se os senhores, quando passam mal, vão procurar atendimentos na rede pública, se os senhores aguardam 2, 3 ou 5 meses para serem atendidos na rede pública, claro que não! Pimenta nos olhos dos militares é refresco.
Chega de mentiras e enganação!
Apenas queremos aquilo que nos é de direito! A nossa policlínica.
Atenciosamente:
Gilson de Sousa
Presidente da ASMENNF (Associação dos Servidores Militares Estaduais do Norte Noroeste Fluminense).
MD- Assessoria de Imprensa – Rone Pereira.

Um comentário:

Adalberto disse...

gostaria de te pedir apoio ao meu blog que foi criado há 17 minutos. me ajude. Abraços